10 dicas para dar um basta na azia e no intestino preso

10 dicas para dar um basta na azia e no intestino preso

Olá! Hoje vamos dar dicas práticas para você se livrar da azia e do intestino preso num piscar de olhos!

A azia é o nome popular dado a esofagite ou refluxo gastroesofágico e caracteriza-se pela sensação de queimação, dificuldade de deglutição, regurgitação e dor. Dentre os fatores que levam a predisposição dessa doença estão excesso de peso, gravidez e uso de contraceptivos orais (aumentam a progesterona), uso de anti-inflamatórios não esteroides e, principalmente, a infecção pela bactéria Helicobacter pylori. O tratamento pode envolver antibioticoterapia e modificações no comportamento alimentar. Abaixo listamos algumas dicas que evitam a sensação de queimação:

1) Comer regularmente, aproximadamente de 3 em 3 horas: ao comer em intervalos regulares, você come um menor volume de comida a cada refeição. Ao comer menos, você reduz o volume de comida no estômago e reduz a quantidade de ácido gástrico liberado, responsável por provocar a sensação de queimação.

2) Evite comer antes de se deitar: evite fazer refeições antes de dormir ou se deitar, pois quando estamos deitados facilitamos a chegada do suco gástrico a parede do esôfago, dando a sensação de queimação. Outra dica é colocar um calço na cabeceira da cama para que seu corpo fique inclinado e evite o retorno do líquido que está no seu estomago para seu esôfago.

3) Evite consumir alimentos ou refeições ricas em gordura: refeições ricas em gordura demoram mais a serem digeridas e isso faz com que elas fiquem mais tempo no seu estômago, aumentando a chance de provocar a queimação. Então refeições como feijoada seguida de sorvete de sobremesa ou refeições com frituras e com molhos a base de queijo e creme de leite.

4) Preferia refeições a base de frutas, legumes e verduras, grãos e cereais, preferencialmente cozidos, assados ou grelhados.

5) Evite ingerir líquidos durante as refeições, pois dilatam o estômago e favorecem o retorno do suco gástrico para o esôfago, dando a sensação da queimação.

 

A Constipação intestinal, popularmente conhecida como intestino preso, está muito relacionada ao estilo de vida. Sedentarismo e alimentação desequilibrada contribuem muito para este quadro. Ao contrário do que muita gente pensa, o uso de laxantes não é indicado. Quanto mais laxante você utilizar, mais preguiçoso seu intestino vai ficar, maior a frequência dos episódios de constipação, maior o uso de laxante e o ciclo vicioso reinicia. Então, para evitar este desconforto, as minhas sugestões são:

1) Mexa-se! Pratique exercícios físicos, preferencialmente aeróbios. A prática regular de exercício estimula o funcionamento intestinal.

2) Tenha uma alimentação rica em fibras. Consuma frutas com casca (sempre que a casca for comestível, claro!), cereais integrais e aumente o consumo de folhas e vegetais crus (cenoura, beterraba, nabo, pepino, tomate e couve, rúcula, alface, agrião, etc) no almoço e jantar. Outras dicas de alimentos que estimulam o bom funcionamento do intestino são a aveia em flocos, a linhaça, o mamão, a chia e suplementos alimentares como psyllium, goma acácia, goma aguar, inulina e fruto-oligossacarídeos.

3) Beba água. De anda adianta ingerir muitas fibras se você não ingere água! As fibras junto com a água formam um bolo que estimulam o seu intestino a funcionar!

4) Consuma probióticos regularmente. Os probióticos estimulam o bom funcionamento do intestino além de trazer diversos outros benefícios a saúde do organismo.

5) Evite o consumo excessivo de alimentos industrializados na sua alimentação. Refeições prontas e congeladas, molhos prontos, biscoitos, barrinha de cereal, bolos e pães, salvo raras exceções, são ricos em gorduras saturadas, carboidratos simples e refinados, sódio, pobre em fibras, além de conter diversos aditivos alimentares que contribuem para o crescimento de bactérias ruins do intestino.

Se você já tem uma alimentação rica em fibras, ingere bastante água, pratica exercícios físicos regularmente e ainda sim tem intestino preso, consulte seu médico. Doenças como Síndrome do Intestino Irritável, diabetes e hipotireoidismo podem ser a causa da sua constipação intestinal.

Pronto! Simples mudanças no estilo de vida e na alimentação que irão garantir mais saúde e qualidade de vida! Lembre-se que intestino saudável é reflexo de um organismo saudável!

Beijo grande e até o próximo post!

Dra Fernanda Drummond
Nutricionista – PhD em Alimentos e Nutrição
Instagram: @fer.drummond

 

 

Voltar